-->
  • Receita esclarece como identificar falsos fiscais

    Muitos empresários vêm sendo enganados por falsos auditores fiscais que simulam ação de fiscalização para extorquir dinheiro das vítimas. O alerta foi feito pela Receita Federal por meio de nota relatando como ocorrem os golpes. Segundo a nota, algumas pessoas fingem fazer parte da Associação de Auditores Fiscais. Após alguns telefonemas ou envio de emails, eles se apresentam pessoalmente na empresa. Bem vestidos e com carteira funcional falsa, solicitam livros contábeis e lavram termos fiscais, criando toda uma encenação que leva o contribuinte a sentir-se realmente sob ação fiscal. Para aliviar a fiscalização, esses falsos fiscais pedem quantias em dinheiro.

    A Receita Federal esclarece que não tem nenhuma associação autorizada a falar em seu nome. A empresa que é abordada pela fiscalização deve receber o Termo de Início da Ação Fiscal, no qual constam o número do Mandado de Procedimento Fiscal (MPF) e uma senha de acesso, pela qual o contribuinte pode consultar no site da Receita. Além disso, ressalta, todo e qualquer valor devido à União deve ser recolhido por meio de DARF pelo sistema financeiro, jamais por um servidor.

    Fonte: Revista Sindiposto (Mar/13)
  • Você pode gostar disso